notícias

Enem, saiba como se preparar

Para quem deseja garantir uma vaga na universidade, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o caminho para a realização deste sonho. É muito importante ler o edital com atenção e preencher todos os campos solicitados de forma precisa. Alunos da rede pública que cursam o 3° ano do ensino médio estão automaticamente isentos da taxa de inscrição, juntamente com aqueles que comprovarem baixa renda declarando carência no questionário socioeconômico.
A partir desta edição, os candidatos isentos que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o benefício para a próxima edição.
Dicas:

1 – O primeiro passo é montar um cronograma diário com horário de aula, estudo e descanso. Os candidatos devem estudar diariamente de três a cinco horas, priorizando o conteúdo visto em sala de aula, afinal, aula dada é aula estudada.

2 – O ideal é estudar em lugares calmos, bem iluminados, arejados e sem interferências externas (computador, telefone e televisão). É importante fazer intervalos de 10 a 15 minutos durante o horário de estudos, para descansar a mente e garantir a concentração.

3 – O estudante precisa ter uma alimentação saudável e balanceada, com horários adequados, para ter atenção no dia a dia e disposição para estudar.

4 – A qualidade do sono é fundamental para manter o corpo e a mente descansados. Os candidatos devem dormir em média 7 a 9 horas por noite.

5 – Simulados e provas anteriores, principalmente dos últimos três anos, são recomendados para o estudante testar o conhecimento, se familiarizar com a prova e treinar o tempo para a resolução das questões. Também é importante fazer, ao menos, uma redação por semana com temas diversos.

6 – O estudante precisa estar antenado com o que acontece a sua volta. É importante ler jornais e revistas, assistir a reportagens e manter-se informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. As questões de atualidades aparecem com frequência na prova, além de serem fortes candidatas à redação. O ideal é reservar uma hora do seu dia para isso.

7 – Dedicar-se aos estudos exige muito do estudante, por isso é necessário cuidar do lado emocional. O candidato precisa sair, se divertir, encontrar amigos, namorado(a) e familiares. Além disso, é importante reservar uma hora do dia, de duas a três vezes por semana, para fazer atividade física.

8 – O apoio da família é primordial. Por um lado, a cobrança aumenta a pressão psicológica e, por outro, o estudante precisa conversar com os familiares sobre o momento de estudo e pedir a colaboração de todos, para que evitem barulhos e interrupções.

9 – Todo estudante precisa aproveitar ao máximo os professores e plantonistas. Cada oportunidade é importante para tirar dúvidas e discutir assuntos relevantes da atualidade.

10 – Estudar não é simplesmente memorizar. O estudante precisa absorver o conteúdo e, por isso, é interessante fazer resumos e montar esquemas e mapas que facilitem a compreensão. As dicas são destacar assuntos que devem ser relembrados ou que têm mais probabilidade de cair nas provas, rever fórmulas, datas e nomes importantes. Além disso, é interessante colocar lembretes em portas, espelhos e armários. Tudo faz parte de um conjunto de opções que ajudará o cérebro na assimilação da informação.
Fonte: Cursinho da Poli